Telefone: (61) 3347-0340
Email: contato@geroclinica.com.br
Serviços GeroClínica

A GEROCLINICA Assistência Domiciliar presta diversos serviços na comodidade do seu lar.

Entre em contato conosco e conheça as diversas oportunidades de atendimento:
– Internação domiciliar com cobertura total 24 horas por dia;
– Assistência pontual para curativos, aplicação de medicamentos, orientação a procedimentos;
– Prestação de serviços de enfermagem domiciliar;
– Médicos clínicos e Geriatras;
– Fisioterapia domiciliar;
– Fonoaudióloga domiciliar;
– Nutrição domiciliar;
– Psicologia domiciliar;
– Terapia ocupacional domiciliar;
– Odontologia domiciliar;
– Orientação farmacológica;
– Locação de equipamentos ( cadeira de rodas, banho, oxímetros, monitores cardíacos, oxigenioterapia, camas manuais e elétricas, guinchos elétricos,veículos de locomoção em domicilio,etc.)
– Remoção em ambulância para consultas, exames, internações não emergenciais

Possuímos uma frota própria de veículos que rodam mais de 1000 kilometros por dia. Com média de 01 (um ) veículo para cada 18 pacientes.

Ligue e peça seu orçamento, contato!

Home Care –
O que significa “Home Care”?

É o termo em inglês para internação domiciliar. Implica criar no domicílio condições materiais e humanas, para atender integralmente o enfermo que não mais necessita ou não mais se beneficia da infraestrutura hospitalar, porém demanda cuidado assistencial multidisciplinar visando à recuperação, reabilitação e a manutenção ou o aprimoramento da qualidade de vida. No caso de doenças fora de possibilidade terapêutica pode também prestar-se a cuidados paliativos. A permanência no lar, ao lado de parentes, constitui fator terapêutico positivo. Nem todas as empresas prestadoras de “Home Care” são iguais; a Geroclínica é a única do Distrito Federal especializada em Geriatria e cuidados paliativos.

A escolha de uma empresa prestadora de serviços de Home Care
É uma opção da família, não obstante os “convênios” possam requerer orçamento de três empresas distintas. Daí existirem alguns dias entre a opção por Home Care e a autorização para o início do serviço.

O que se pode esperar da atuação da Geroclínica?
A empresa está capacitada para prestar todo tipo de atendimento, mas sua atuação está limitada ao que estabelece o “convênio”, que assume responsabilidade pelos custos. Isto implica manter o previsto no orçamento aprovado ou, quando necessário, acrescentar formas de assistência (fisioterapia p.ex.) ou um novo medicamento, apenas com a autorização da instituição contratante. Tem-se aqui uma situação diferente daquela observada no hospital, onde os médicos têm autonomia para decidir sobre a melhor terapêutica, independente de autorização prévia. Sugerimos consulta a instituição mantenedora direta ou que efetuar reembolso, para conhecer os limites da cobertura autorizada à Geroclínica. Isto também se aplica à remoção em ambulância.
Nosso objetivo é prestar serviços de qualidade com o compromisso de “cuidar sempre, curar quando possível, abandonar o doente, nunca!”

Cuidados Paliativos – O foco do cuidado paliativo é aliviar sintomas e melhorar a qualidade de vida em qualquer estágio da doença, utilizando os recursos e a experiência de uma equipe multidisciplinar. Não deve ser considerada uma atividade unicamente médica, pois a participação de outros profissionais facilita a obtenção de melhores resultados.
A opção pelo cuidado paliativo envolve responsabilidade da empresa que garante a assistência, dos prestadores do serviço e também do paciente (quando possível) e da família. Deve ser uma ação pautada em documentos legais, a fim de evitar que os momentos de agonia e intensa ansiedade que podem cercar a morte, não levem familiares a recorrerem novamente à internação hospitalar. Esta opção deve contar com apoio psicológico permanente.
Principais demandas nos cuidados paliativos:
• Controle da dor
• Dispnéia
• Náusea e vômitos
• Constipação
• Delirium e agitação
O cuidado paliativo pode ser considerado internação domiciliar (home care) de alta complexidade, a qual e demanda oxigênio e soroterapia. Contudo o trabalho humano é essencial. A Geroclínica conta com o apoio de Geriatra que atua em cuidados paliativos, e demais membros da equipe multidisciplinar.

Assistência Geriátrica Domiciliar – A transição demográfica que o Brasil vem atravessando implica aumento da população de idosos. Ao lado deste fenômeno ocorre, paralelamente, a transição epidemiológica que se expressa pelo aumento da morbi-mortalidade por doenças crônicas, câncer e traumas. O impacto desta mudança na assistência do sistema de saúde complementar é significativo, caracterizado pelo aumento do custo resultante da utilização de novas tecnologias, hospitalizações e medicamentos mais caros.
A internação domiciliar é uma das alternativas que contribui para a redução de custos e melhoria da assistência, mas também apresenta dificuldades quando não obedece a determinadas especificidades. O idoso dependente, restrito ao leito tem características distintas que devem ser consideradas:
A dependência está relacionada a problemas progressivos na área da alimentação, desenvolvimento de incontinência urinária e fecal, úlceras de decúbito (pressão) e aumento da chance de comorbidade, entre as quais processos infecciosos, transtornos neuropsiquiátricos, reação adversa a drogas, etc.
Considerando estas características a internação domiciliar geriátrica propõe:
1- Assistência por médico com formação em geriatria, capacitado para reconhecer precocemente alterações no estado do paciente, inclusive na área neuropsiquiátrica e intervir de modo a resolver o problema, sempre que possível em domicílio, evitando o retorno do paciente ao hospital;
2- Supervisão permanente pelo Diretor Clínico da empresa D.r Renato Maia Guimarães;
3- Avaliação por enfermeira dentro de protocolo específico para o paciente geriátrico;
4- Ênfase na reabilitação;
5- Equipe multidisciplinar integrada com o objetivo de evitar condutas paralelas. É realizada uma reunião mensal multidisciplinar para a discussão dos casos e adoção de condutas uniformes;
6- Vigilância constante sobre o uso de medicamentos, com o objetivo de diminuir a iatrogenia;
7- Programa de apoio familiar através de reunião com representantes dos familiares, para identificar problemas comuns e treinamento informal em cuidados com idosos;
8- Programa permanente de qualidade e capacitação para os técnicos de enfermagem envolvidos no processo;
9- Capacidade para assumir cuidados paliativos;
10- Possibilidade de contato permanente com a supervisão de enfermagem, diretor clínico e direção administrativa.

Pacientes que melhor se adaptam a esse serviço:
• Pessoas com 80 ou mais anos de idade com múltiplos transtornos, causando imobilidade e requerendo cuidados contínuos;
• Quadros demências e distúrbios comportamentais,
• Idosos com repetidas internações por causas variadas, o que pode constituir evidência de problemas não caracterizados;
• Idosos em recuperação de acidente vascular cerebral;
• Pacientes em recuperação de fraturas do fêmur ou grande trauma;
• Estágio avançado de Doença de Parkinson ou outra doença degenerativa neurológica;
• Pacientes com quadro de fragilidade, caracterizada por perda de peso, sarcopenia (atrofia muscular extensa), histórico de quedas e repetidas intercorrências hospitalares;
• Pacientes com depressão maior, incapacitados;
• Pacientes com câncer que não preencham critérios para cuidados paliativos terminais.

Educação em envelhecimento: propomos diversas palestras, com o objetivo de conscientizar e compreender os processos de envelhecimento individual. Os temas podem ser alterados de acordo com a necessidade do grupo a ser atendido. Trabalhamos com eventos de Segurança do Trabalho, Educação continuada, Qualidade de Vida, Prevenção de Riscos, Seminários, Congressos.
As palestras são conduzidas por profissionais reconhecidos em suas áreas.

Gerenciamento de Doenças Crônicas – O gerenciamento domiciliar de doenças crônicas se caracteriza por visitas domiciliares mensais por médicos e enfermeiros, visando avaliar o estado geral dos pacientes, a eficácia da terapêutica, eventuais dificuldades e propor medidas corretivas. Um fator que valoriza esta forma de atenção domiciliar é o desenvolvimento de laços de confiança com os profissionais e a maior possibilidade de fortalecimento da crença da família e dos pacientes no controle dos agravos e na preservação da saúde.
O gerenciamento não é forma de consulta domiciliar por não ter como objetivo o diagnóstico e o tratamento, mas sim o aprimoramento do cuidado. Visa aumentar o resultado do tratamento do médico de escolha. Observa-se, contudo, que o gerenciamento também identifica focos de iatrogenia como tratamento duplicado para uma mesma condição ou o uso de medicação por tempo inadequado assim como automedicação. Erros na alimentação e desobediências dietéticas são verificados, quase sempre, em visitas ao domicílio. A correção desse e de outros fatores geradores de instabilidade é que valoriza o papel do gerenciamento domiciliar.
Diferentemente da internação domiciliar (home care), que diminui gastos ao curto prazo, o gerenciamento corta gastos. As diversas análises já realizadas demonstram o potencial de redução em ate 30% ou mais do custos com consultas, exames e internações. Uma empresa de autogestão do Distrito Federal economizou 5% (cinco pontos percentuais) em internações, estabelecendo um programa de gerenciamento para 115 pacientes considerados de risco. Além deste grande beneficio para a empresa também os pacientes foram beneficiados, pois se sentiram mais seguros, foram atendidos em suas necessidades de receitas para medicamentos controlados (evitando consultas só para essa finalidade) e evitaram exames, pois o controle glicêmico e a mensuração da pressão arterial eram realizados pela equipe do gerenciamento.
O maior resultado de um programa desse tipo ocorre quando o grupo a ser gerenciado é representado por pacientes com elevado gasto em consultas, exames e internação.
O gerenciamento de doentes crônicos deve ser um programa de adesão voluntária, entendido como um benefício a mais do plano de saúde. O sucesso é ainda maior quando se alcança um bom nível de confiança entre o paciente e sua família, a equipe do gerenciamento e de todos com o plano de saúde.

Cuidados pontuais – realizamos procedimentos pontuais no domicílio. Podemos realizar hidratação venosa, reposição de sódio ou potássio, reposição de cálcio, aplicação de medicamentos diversos, auxiliar e treinar na troca de bolsas de colostomia. Realizar coleta sangue para entrega em laboratório de confiança da família. Fornecemos assistência pontual ou continua de técnico de enfermagem ou de cuidador de idoso.

Locação de Equipamentos – contamos com uma grande variedade de produtos para locação, entre elas guincho domiciliar, “scooter”, camas hospitalares manuais ou motorizadas, cadeiras de roda e de banho, Oxímetro, suporte para oxigenioterapia. Nossos produtos são entregues em domicílio pela equipe de logística, em carros identificados da empresa.

Remoção de Pacientes – possuímos frota própria que efetua remoções eletivas, para transporte até a residência. Acompanhamos pacientes que necessitam efetuar consultas e exames e não possuem condições de serem transportados em veículos comuns.

Atendemos a diversos convênios do Distrito Federal.

Consulte a sua operadora de saúde para saber se possui contrato com nossa empresa.

Também atendemos pacientes privados. Faça seu orçamento.
Será uma honra atender a você e sua família.